O FATOR ESCURO DA PERSONALIDADE HUMANA: O FATOR D

O que define a escuridão humana? Maquiavelismo, sadismo, narcisismo… maldade. Será que todos esses traços possuem algo em comum?

É o que afirma um grupo de psicólogos europeus em sua pesquisa sobre o ‘dark factor’, ou o fator feral da escuridão da personalidade humana. Segundo os autores, D é definido como “a tendência de maximizar a utilidade individual própria — desrespeitar, aceitar ou provocar maldosamente adversidade a outras pessoas —, acompanhado por crenças que servem de justificação.”

Em outras palavras, indivíduos com alto D são aqueles que se guiam exclusivamente por seus próprios interesses, mesmo que isso leve a causar dano a outras pessoas – e, às vezes, a si mesmos.

O fator D da personalidade está presente em nove traços distintos de personalidade.

NARCISISMO

Um sentimento difuso de superioridade em relação aos outros, uma necessidade extrema de se lançar em atividades sociais afim de extrair admiração e se autopromover, além do emprego de extensas defesas psíquicas na busca de evitar qualquer tipo de falta. O indivíduo narcisista é aquele que não suportar brilhar e para quem o brilho do outro incomoda.

PRIVILÉGIO PSICOLÓGICO

A crença de que algumas pessoas merecem mais do que as outras e que, portanto, se alguém sofre é porque merece. É uma espécie de justiça às avessas, uma meritocracia dos condenados, que busca justificar os próprios atos. A pessoa com alto grau deste traço é aquela de moral exagerada que está sempre disposta a condenar o outro, mas sem olhar muito para o próprio umbigo.

PSICOPATIA

É definida pela falta de afetos como remorso, culpa ou preocupação com os outros, bem como a impulsividade e falta de autocontrole. O exagero desse traço pode ser descrito como aquela pessoa que faz de tudo para alcançar seus mais fúteis objetivos, doa a quem doer, sem o menor senso de empatia.

SADISMO

O desejo e o prazer em causar propositalmente mal ao outro, seja esse dano físico ou psicológico. Presente na crueldade, nos comportamentos agressivos e na dominação. O sádico é aquele que se diverte com o sofrimento alheio.

INTERESSE PRÓPRIO

Marcado pela indiferença e insensibilidade pelo sofrimento do outro e por tudo que não diga respeito a si próprio. O sujeito com alto grau desse traço é aquele que não está nem aí para ninguém.

MALDADE

É a vontade de lesar o outro mesmo que isso leve a lesar a si mesmo. É caracterizada pelo forte desejo de vingança a qualquer preço. Pessoas com alto grau desse traço vão fazer de tudo para te ver sofrer – de tudo mesmo!

EGOÍSMO

Caracterizado pela preocupação excessiva pelos interesses próprios e para a própria satisfação às custas dos outros. Se um egoísta precisar tirar algo de você para se satisfazer, ele vai fazer isso.

GANÂNCIA

O desejo insaciável de possuir mais. Para um ganancioso, ter nunca é o bastante. Sua busca implacável é pela aquisição de bens materiais, sejam eles quais forem.

MAQUIAVELISMO

Aqui se encontram a manipulação, a mentira, o pensamento frio e calculista. O sujeito maquiavélico é insensível aos outros e acredita que os fins sempre justificam os meios.

DESENGAJAMENTO MORAL

A falta de ética absoluta que permite se engajar em comportamentos os mais antiéticos que sejam. O desengajado moralmente é aquela pessoa que não está nem aí para as regras da sociedade.

Ficou curioso para saber seu D? Você pode calcular clicando no link.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s